Arquivos mensais: fevereiro 2016

Cinco boas razões para sua empresa usar e-mail marketing

Emailt-Marketing-banner

O e-mail marketing é um dos pilares do marketing moderno, e foi uma das primeiras ferramentas elaboradas com o advento do mercado digital. Apesar de novas formas de comunicação e conversão de clientes terem surgido nos últimos anos, este método é ainda um dos mais eficientes nas estratégias de publicidade de várias empresas, tendo ótimo custo-benefício e impacto quando bem utilizado. Para te provar isso, trazemos aqui 5 razões para não deixar o e-mail marketing de lado quando as ações publicitárias de sua empresa forem planejadas. Descubra a seguir!

Baixo custo

 

O e-mail marketing representa uma estratégia barata e relativamente simples de implementar, quando comparada com ferramentas mais recentes, como as mídias sociais e o sistema de palavras-chave. Seu ROI (Retorno sobre Investimento) é cerca de duas vezes maior do que o de qualquer outro método totalmente digital. Por esta razão, nenhuma campanha publicitária digital é completa sem ter como base um e-mail marketing bem estruturado.

Espaço adequado

 

Pesquisas recentes mostram que o e-mail ainda é o espaço digital preferido pela maioria das pessoas para ter contato com conteúdo publicitário em geral. Desta forma, levando-se em conta que praticamente todos os usuários da internet utilizam seu correio eletrônico diariamente e que esse é o meio mais utilizado para o compartilhamento de conteúdo, o e-mail marketing mostra-se efetivo por ser recebido de forma mais orgânica pelo seu público-alvo.

Fácil segmentação e avaliação de resultados

 

A estratégia do e-mail marketing é fundamentada no preceito de que o consumidor, ao se deparar com alguma empresa que o interesse, peça para receber mais conteúdo dela. Desta forma, esta ferramenta já cria automaticamente um canal de comunicação com o público com maior potencial de conversão, delimitando aqueles que realmente possuem interesse pelos produtos e informações de determinada empresa ou serviço. Assim, uma das maiores dificuldades da publicidade, que é delimitar o público-alvo, é rapidamente vencida ao se utilizar tal método de comunicação.

Além disso, é fácil monitorar e avaliar os resultados de uma campanha fundamentada no e-mail marketing. Ferramentas como o Imnica e o Mailrelay, entre outras, permitem estabelecer e mensurar as taxas de conversão e clique sem grandes problemas.

O e-mail marketing é flexível

 

Talvez a maior vantagem desta ferramenta seja sua capacidade de se moldar a diferentes públicos. Como é possível facilmente personalizar o tipo de conteúdo enviado, o e-mail marketing pode transitar entre ofertas dinâmicas (que atiçam a impulsividade dos consumidores) e canais sólidos (com conteúdo altamente relevante, destinado a um público mais seletivo). Da mesma forma, é fácil testar diferentes abordagens e eliminar métodos que não estão sendo tão eficientes, o que permite uma evolução sustentada dos canais de comunicação.

Planejamento eficaz

 

Por necessitar de tecnologias e infraestrutura relativamente simples, as divulgações guiadas pelo e-mail marketing podem ser planejadas rápida e eficazmente, sejam elas campanhas que irão transcorrer por um longo período de tempo ou aquelas que são disparadas da noite para o dia. O baixo custo e a grande previsibilidade do processo asseguram que a campanha irá seguir à risca os critérios previamente estabelecidos.

A Importância da Limpeza da Lista de Emails

definicao-email-marketing

Muitos profissionais de marketing já descobriram que para se obter um bom resultado de entrega e engajamento é extremamente importante fazer um bom gerenciamento e limpeza da lista de e-mails. Neste artigo, vou mostrar o que é importante saber para manter uma boa performance, e até mesmo melhorar a cada dia os resultados de suas campanhas de e-mail marketing.

Mas, afinal, e-mail marketing funciona ?

Curiosamente, escuto de algumas pessoas a afirmação de que o email marketing não funciona. Principalmente porque alguns consumidores são impactados por ações de email equivocadas, que os fazem acreditar que esta é uma ação ineficaz. A verdade é que o email marketing funciona, e muito! Só que não é simples desenvolver uma ação de forma correta, pois exige conhecimento e técnica. Em primeiro lugar, é importante separar uma ação correta do que conhecemos como spam (que é a prática de envio de e-mails indiscriminadamente para pessoas que não autorizaram seu recebimento).

Alguns pontos precisam ser respeitados para que você consiga ter bons resultados nas campanhas

Escolher uma boa ferramenta de disparo de emails, construir a sua lista a partir de pessoas que autorizaram o recebimento, formular e enviar conteúdo que é de interesse para a lista. Aqui, destaco a importância do uso de ferramentas que fazem a “automação de marketing”, existem algumas disponíveis no mercado.

Agora, vamos falar, finalmente, de um assunto que nem sempre recebe a devida atenção, mas que pode impactar na performance de suas ações de e-mail marketing: a limpeza e manutenção da sua lista.

limpar lista de email importancia e motivo

O que é higienização da lista de e emails, e por que fazer ?

Quando falo de limpeza da lista, estou dizendo que ao longo do tempo muitas alterações dos endereços recebidos acontecem. Caso você não corrija estes desvios, seus disparos de e-mail vão diminuir a performance ao longo do tempo. Então, vamos às explicações mais técnicas que você precisa saber…

Basicamente, para todo e-mail enviado, o provedor determina se seu domínio tem uma boa ou uma má reputação. Isso significa, na prática, que se seu domínio tiver uma boa reputação, a probabilidade do seu email ser entregue na caixa de entrada é alta. Porém, se a reputação do seu domínio é ruim, certamente, sua mensagem enviada cairá no lixo eletrônico, ou pode ser até bloqueada e não chegar ao destinatário. Assim, seu foco principal deve ser trabalhar para que seu domínio tenha sempre uma boa reputação perante seu provedor. Vamos entender, então, como trabalhar para ter uma melhor entregabilidade dos e-mails.

 

Fatores que influenciam na “entregabilidade” de emails

 

Taxa de abertura

Taxa de Cliques

Taxa de Compartilhamento

Taxa de Bounce – emails que não foram entregues por algum motivo

Taxa de Descadastramento

 

Estas são taxas, e por isso é muito importante tomarmos ações para mantê-las a níveis aceitáveis. As três primeiras são taxas de engajamento positivo; você deve trabalhar para aumentá-las. As duas últimas são taxas negativas; você deve trabalhar para mantê-las a níveis baixos. Fica claro, então, que a entregabilidade está diretamente ligada a estas taxas e você deve ter como objetivo diminuir as taxas negativas e aumentar as positivas.

Como aumentar as taxas de engajamento positivo?

 

Importante ressaltar que estes não são números absolutos, são taxas, sendo assim, se você faz um disparo de 10.000 emails e 3.000 pessoas abrem sua mensagem, significa dizer que você tem uma taxa de abertura de 30%, o que, na média, é uma ótima taxa . Aí, é que precisamos é ter uma visão diferente da normal, pois você deve se preocupar com os 70% que não abriram o email; você deve considerar que dentre estes 70% muitos não abrirão mais os seus emails.

 

Mas por que se preocupar se você já tem uma taxa de abertura de 30% ?

Acontece que os 70% que não abrem também não clicam em seus emails, e estão, desta forma, contribuindo diretamente para piorar as suas taxas ao longo do tempo. Isso faz com que as taxas continuem diminuindo a cada novo disparo. Na verdade, estes 70% deveriam se descadastrar da sua lista, o que efetivamente não acontece, pois eles não estão interagindo com o seu conteúdo. Importante você visualizar que, ao longo do tempo, estes assinantes irão prejudicar a entregabilidade de toda a sua lista. Isso pode significar que assinantes que tenham interesse em sua mensagem passem a não receber seus emails por conta da reputação do seu domínio, que terá sido prejudicada por assinantes que não interagem.

Por isso você deve ser bastante cuidadoso na gestão e limpeza periódica de sua lista. A maioria das ferramentas de e-mail oferecem a funcionalidade de limpeza e manutenção dos assinantes, não deixe de utilizar este recurso!

E-mail marketing ainda funciona?

 

 

emaiol-marketing

Existe uma urgência em aproveitar as redes sociais para encontrar novos clientes. Há muita gente dando opinião, há corações batendo e cabeças girando! Para as empresas que desejam atingir os consumidores mais jovens, encontrar a melhor combinação das estratégias de marketing online pode parecer uma tarefa ainda mais difícil e urgente. Dentro deste contexto, há quem pergunte: “o e-mail marketing ainda funciona?”

 

Alguns textos sugerem que o e-mail marketing está sendo substituído por redes sociais ou se tornando menos efetivo. Sinto em avisar para os que acreditam nesta teoria que eles estão completamente ERRADOS. O e-mail marketing ainda é relevante? SIM, e agora mais do que nunca! Decidi resumir em três razões pelas quais o e-mail marketing continua a ser a mais poderosa ferramenta em seu arsenal de construção de relacionamento com o cliente.

 

1 – “A caixa de entrada é irrelevante”

É verdade que os consumidores atuais recebem mais e-mails do que nunca. E é justamente por isso que o e-mail marketing baseado em permissão é tão valioso para alcançar os clientes! Os consumidores estão mais exigentes sobre quais empresas são dignas de ter o seu tempo e atenção. Então quando eles se inscrevem para a sua lista de mailing, eles estão lhe dando um voto de confiança e acreditam que o seu conteúdo no e-mail será valioso para eles.

 

O e-mail marketing permite que você construa uma relação sólida que reflete a qualidade sobre a quantidade. Ele lhe dá poderes para atingir seus clientes mais fiéis e valiosos. Assim, você construirá relacionamentos mais fortes com eles ao longo do tempo. Este poderoso aspecto do e-mail marketing (de construir relacionamentos) não mudou, mas, na verdade, ficou até mais forte.

2 – “Redes sociais substituíram o e-mail marketing?”

É um equívoco acreditar que uma ferramenta poderá substituir a outra. As redes sociais são uma ótima maneira de fazer conexões informais com potenciais e novos clientes. Porém, esta falta de comunicação direta é prejudicial a longo prazo. Dessa forma, se eu postar algum conteúdo interessante no Twitter ou Facebook, meu público pode ou não notar. E as chances do seu público interagir com o conteúdo só diminui. Se o conteúdo chega pelo e-mail, ao menos a sua mensagem não ficará perdida em uma timeline lotada de conteúdos aleatórios. Em outras palavras, não há garantia de que a mensagem distribuída nas redes sociais terá o mesmo efeito direto que o e-mail marketing tem.

 

Isso porque, quando alguém abre o seu e-mail, dá a você a atenção dele, ainda que por um breve momento. Não há nenhuma atenção no mundo das redes sociais! Só vozes e distrações. De qualquer forma, as redes sociais são ótimos lugares para divulgar o seu boletim de e-mail e convidá-los a se inscrever no seu mailing.

 

Uma pesquisa recentemente levantada pela McKinsey & Company mostrou que o e-mail marketing tem uma eficácia até 40 vezes superior a todas as contas de redes sociais (Twitter, Facebook e Google+ JUNTAS!). Segundo o relatório, “se você se pergunta por que os departamentos de marketing e publicidade das empresas enviam muitos e-mails, a resposta é: porque funciona!”. Na mesma pesquisa também foi notado que 91% dos consumidores dos EUA utilizam o e-mail diariamente, e que são pessoas que compram a partir de um e-mail marketing. E, ainda, eles gastam 17% a mais do que os clientes que chegam pelas redes sociais!

 

Redes sociais têm lugar, mas o e-mail continua sendo o rei do relacionamento online

 

3 – “Jovens não usam e-mail”

Há quem acredite que jovens na faixa entre 18 e 24 anos não utilizam o e-mail. Uma vez que estes jovens começam a trabalhar, a importância do e-mail cresce consideravelmente. A chamada Geração Y começou sua comunicação digital pelas mensagens instantâneas, depois foi para as mensagens de texto com amigos, e no momento que começam a atuar no mercado de trabalho o e-mail se torna um importante método de comunicação. Por quê? Porque o e-mail é a forma pela qual o seu escritório se comunica.

 

Por isso, a caixa de entrada – seja de um executivo na casa dos 40, ou de um estagiário com 20 e poucos – é tão importante no relacionamento B2B e B2C. O nosso desafio atual passa a ser “como o e-mail marketing pode se adaptar ao público e permanecer em contato com as necessidades do público alvo”.

 

O e-mail marketing não só resistiu ao teste do tempo, ele provou seu valor e é uma ferramenta de marketing que se adapta e consegue melhorar suas estratégias de marketing digital online. O e-mail marketing é tão relevante e eficaz hoje como era há anos atrás. Quando alguém clica no seu e-mail, eles estão no SEU mundo, ainda que por alguns instantes. A questão é que em tempos de internet, esses instantes valem OURO!